segunda-feira, 23 de março de 2015

UEPA - PROCESSO SELETIVO 2016

Atenção caros alunos

Algumas mudanças em processos seletivos já vinham sendo divulgadas e quanto mais atento ao que acontece ficarmos, menos pertubação ocasionarão em nossas vidas.

Leia, no link a seguir, os detalhes sobre a adesão da UEPA ao Enem, já a partir do processo seletivo de 2016.

Não entre em pânico quem vem fazendo o prise desde a 1ª etapa, pois será garantido essa continuidade até sua finalização.

Antecipe-se ao que virá, e veja no link abaixo as leituras obrigatórias disponibilizadas no site da UEPA

Leituras obrigatórias - UEPA/2016


sexta-feira, 13 de março de 2015

CELEBRAR O NOVO COMEÇO

Novatos e veteranos. Pais/Responsáveis e alunos. Professores e coordenadores. Gestores e servidores. Todos os colaboradores.

Começou o trabalho, e a expectativa de um para com o outro transmite a sensação de excitação, medo, alegria, desconfiança, etc.

Assim como chegam novas pessoas na nossa comunidade escolar, nós também estamos entrando como novatos em suas vidas.

É muito bom ver o retorno dos alunos, que percebemos estarem um pouco diferentes, parecem mais crescidos e mais amadurecidos.

O tempo passou, e vai continuar. Mas é bom matarmos um pouquinho a saudade, jogar conversa fora. E mesmo que uma situação nova se apresente em nossas vidas, não vamos deixar de lado o essencial para a nossa convivência: a confiança.

É um valor pessoal que serve para nossos relacionamentos familiares, pessoais, de trabalho, de amizade e tantos outros mais. Mas sabemos que assim como leva tempo para construir esse valor, ele também pode ser destruído em segundos, seja por desenganos, comentários maldosos, situações novas que surgem, mal entendidos, etc.

Confiança é um resultado a mais para experenciarmos em nossas vidas. Começemos agora, neste início de ano letivo com confiança, ainda que situações inesperadas aconteçam. Ainda que o contexto de nosso momento político e econômico seja turbulento, continuemos a confiar.

A confiar nos novos alunos e nos que retornaram. A confiar em nossos colegas de trabalho, nos familiares que estão conosco. A confiar nos professores que estão com nossos filhos. E a confiar, principalmente, na família, no jovem, na criança.

Aniversário da Escola - 10/03
E a confiança já se manifestou em dois momentos neste início de ano letivo. No aniversário da escola e no encontro com os pais/responsáveis dos alunos. 

Aniversariar = celebrar um novo começo. 

Alguns anos a comunidade escolar não celebrava o aniversário da escola. No dia 10/03/2015, fizemos 32 anos de funcionamento, carregando em seu histórico as alegrias e tristezas, sucessos e derrotas, acertos e erros. Para iniciar foi preciso confiar. Para continuarmos, é preciso confiar.
Encontro com pais/responsáveis
 O encontro com os pais/responsáveis dos alunos nos inspira a continuar. Como professor, ainda que vivenciemos a desmotivação por parte de muitos, a começar pelos nossos governantes. Como gestor, ainda que nos coloquem em situações delicadas. Como trabalhador, ainda que tentem burlar nossos direitos. Como família, ainda que insistam em dizer que ela não tem mais valor. Todos nós sempre teremos valor.
 

Sejam todos bem vindos a Escola Walter Bezerra Falcão!!

Agradecemos a todos que estão conosco neste ano.

Feliz Ano Letivo 2015!!




  

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

QUALIDADE NA EDUCAÇÃO II

Na postagem anterior, o questionamento sobre como concluir se uma escola tem educação de qualidade ou não nos conduziu a refletir sobre a importância de estar democratizando a utilização dos espaços pedagógicos e muito mais dos recursos disponíveis.
Hoje, ressaltaremos um trabalho que foi o resultado de algumas expectativas criadas. Quando pensamos ou conversamos sobre biblioteca dentro de uma escola, muitos logo fazem uma visualização prévia: é um local sóbrio, de silêncio, onde ficam apenas os livros. E os alunos, então, que olham a biblioteca como sendo um espaço de leitura, leitura e leitura apenas.
Nenhuma das visões está errada. Entretanto, tudo que o ser humano (ser que pensa, reflete, questiona, duvida, decide, sente, escolhe e etc) manipula, no sentido de fazer acontecer, não é algo estático, mas sim dinâmico, e nos apresenta realidades cada vez mais surpreendentes. Só um exemplo: a atividade coletiva com o livro "Destrua este Diário" quando os alunos, por meio de sorteio, tinham que fazer o que cada página no tal "Diário" determinava, como rasgar páginas, cuspir, morder, jogar e salpicar café, pisar em cima, enfim, uma atividade criativa, participativa e prazerosa.
E o prazer está aí, ao ver resultados que vão além dos paradigmas de avaliação quantitativa, feita apenas baseada em números. É gratificante presenciar, dar oportunidade, um "empurrãozinho" para que alguns possam manifestar seu potencial. E isso, claramente, foi possível ver com o trabalho que o coordenador da Biblioteca Escolar (BE) vem desenvolvendo, Profº Orlando Tadeu.

De leituras, conversas, ideias e principalmente do "ouvir" de seus frequentadores, os alunos, o Profº Tadeu foi realizando ações que envolveram direção, serviço de apoio, professores, SIE, Conselho Escolar e os alunos.
Lembro que, ao entrar na biblioteca durante o evento do "Dia da Consciência Negra", presenciei o séc. XIX em dimensão real, em plena atividade, vendo os alunos se preparando para a apresentação com um frenesi, com um entusiasmo extraordinário, isto dentro de um ambiente que muitos imaginam, como foi dito antes, inadequado para estas "farras" pedagógicas.
                              
Recentemente, vimos a modernidade artística, na grafitagem que os alunos Douglas e Christiam realizaram na área de acesso à Biblioteca Escolar. Pesquisaram na SIE, conversaram com o Profº Tadeu e desse processo surgiu um belo trabalho artístico.

O ambiente escolar, como foi comprovado neste ano inesquecível para todos nós, precisa produzir conhecimento de qualidade, mas sobretudo precisa se dinamizar, ser um palco, um espaço aberto para a arte, para a poesia, para a literatura, para o esporte, para o entretenimento e para a exploração do potencial criativo/participativo de seu maior e mais importante protagonista: o aluno. 

    

Postagem por: Profª Sandra Yara, coordenadora da Sala de Informática Educacional (SIE) 
e Profº Orlando Tadeu, coordenador da Biblioteca Escolar (BE)

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

QUALIDADE NA EDUCAÇÃO


Que elementos podemos utilizar para medir se determinada escola desenvolve um ensino de qualidade?

  • Se é pública ou particular?
  • Pela sua estrutura física?
  • Pelas ações que desenvolve?
  • Pelo planejamento, ou pelo projeto político pedagógico?
  • Pela quantidade de crianças ou jovens que ela atende?
  • Pela localização geográfica?
  • Pelo grupo de profissionais que nela trabalham?
  • Se tem recursos ou sala disso ou daquilo?
Meus caros, não sei dar essa resposta não. Mas sei o que acontece na nossa Comunidade Escolar, com a qual me habituei a denominá-la neste tempo que aqui estou: Comunidade Escolar Walter Bezerra Falcão.


Sabemos todos que muito mais poderia ser oferecido e realizado com as crianças e jovens neste país, tanto por parte do governo como nossa também enquanto profissionais. Mas, particularmente, temos diversas particularidades que muitas das vezes entravam nossas ações nas escolas, mas justiça seja feita em outros momentos encontramos aqueles que colaboram para que as coisas funcionem.

Para esta escola aqui, sempre vamos encontrando alguns para parceria, como o Nte-Ananindeua, os recursos destinados para os projetos pelo PROEMI/JF, o grupo religioso da Paróquia N. Sra. das Graças e da Escola Salesiano, a equipe da Use 14, os professores, técnicos, gestores e todos os demais funcionários, pais e alunos ao longo destes anos foram sendo parceiros para as ações desta escola.

Claro que muitas das vezes para algumas ações fazemos muita expectativa, em outras elas se desenvolvem de uma tal maneira que ficamos entusiasmados com o que é produzido, como foi este ano letivo O Dia da Consciência Negra, que estava sob a coordenação dos Professores Nazareno e Amanda.

Muitas outras ações tem sido desenvolvidas ao longo desses anos como o Pacto pela Educação, a Pesquisa in Loco na Comunidade Quilombola, a excursão ao Mangal das Garças e ao Arte Pará 2014.

 Mas aqui fazemos alusão a importância dos espaços pedagógicos, que não são o principal, mas podem ser um apoio potencializador das atividades que são desenvolvidas com os alunos.

Ao longo desse anos na SIE (sala de informática educacional) foi possível tornar um espaço, observado por muitos como sendo apenas um "cyber" ou um local que está dentro de uma escola sem gerar algo produtivo. Mas esse é um espaço para todos e para tudo.

Porque tudo?
Ora, quem conhece, sabe que a escola já recebeu promessas de reformas e até hoje nada, mas não é por isso que paramos com o que queríamos realizar. Temos recursos, vontade, projetos, mas não o espaço adequado. Por isso os espaços pedagógicos que temos, são utilizados para pesquisa, reuniões, formações, planejamentos, camarim, projetos, enfim o que for possível contribuir para fazer com que as ideias saiam do papel.

Então, caros amigos, a qualidade na educação é possível, não é um sonho irrealizável ou uma simples utopia. Depende da atitude de cada um de nós. Daquele que governa ao que está sentado numa cadeira na sala de aula.


Somos a melhor escola? Provavelmente não estaríamos cogitados dentro deste esteriótipo, considerando as pesquisas de números apenas que são feitas.
Mas estamos no cotidiano da escola, e tanto os alunos como professores e os demais colaboradores que pela escola vão vindo e indo, nos dá a certeza que ao se decidir por colaborar, mesmo que de forma indireta para a realização de ações nesta escola, é possível contribuir para essa busca de melhorar a educação no nosso país.
Vamos somar a isso, a boa vontade, o apoio, a colaboração e muito melhor ainda as críticas. Tudo nos faz parar, respirar e pensar: como é possível ficar melhor?
E no ano letivo de 2014 a escola ganhou mais um espaço importante, como em outras postagens já foi mencionada: a biblioteca

 Esse é um espaço que está conquistando cada vez mais o carinho e, principalmente, assiduidade dos alunos. Com certeza o ano de 2015 promete muito.

Mas em particular, devemos dar valor aos nossos professores que utilizam todos os recursos que é disponibilizado, não apenas para a culminâncias de seus projetos. Mas solicitam para aprender a manusear, conhecer seu funcionamento. E o melhor é eles que incentivam os alunos a utilizarem também.


Afinal de contas, esses jovens que por aqui vem e vão, aprendem mas também nos ensinam. Como bem falou a Profª Dina Souza no Dia da V Mostra Literária: "cada um que aqui chega na escola, nos dá a oportunidade de aprender também"
Várias  ações já foram realizadas por toda a comunidade desta escola (pais, alunos, professores, gestores, técnicos e todos os colaboradores que aqui trabalham) e agradecemos a oportunidade que cada um deu para que este espaço da SIE pudesse ser mais um dentre aqueles que a escola tem para somar com as ações até agora realizadas.

Cada imagem (II Mostra de Língua Estrangeira, formações  com assessoria dos Professores Denis, Marco e Tony do Nte_Ananindeua, planejamento de excursões com os alunos) são algumas ações em que o espaço da Sala de Informática pode contribuir. Desde as formações com os alunos e professores, as pesquisas, aos trabalhos realizados, as transformações que vão ocorrendo, como na Biblioteca que temos agora o Profº Orlando Tadeu coordenando, as ações de solidariedade do Profº Sérgio Baía e alunos é necessário registrar e valorizar.

Mas vários outros aqui também ficam, como Profª Soraya, Profº Fábio, Profº Nazareno, Profª Amanda, Profª Núbia, Profª Rafaela Carmo, aos técnicos Linda, Josênia, Clara, Gestores Ruy, Márcio e Kétima e todos aqueles que aqui não tiveram o nome contemplado mas que estão sempre atuando junto as ações que vão sendo realizadas.  

  
Que tal relembrar algumas outras ações que aconteceram?







E neste final de ano letivo de 2014, deixamos com muita força um feliz 

PARABÉNS A TODOS  NÓS!!!
ALUNOS, PROFESSORES, GESTORES,
TÉCNICOS, ADMINISTRATIVOS E DE  APOIO!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

ARTE LITERÁRIA E LÍNGUA ESTRANGEIRA

Encerramento de ano letivo na Comunidade da Escola Walter Bezerra Falcão não é triste não. É musical, é alegre e muito empolgante.
Nos próximos dias, 22 e 23 teremos o Projeto de Língua Estrangeira, na responsabilidade dos Professores Lutgardo Garcia (Inglês) e Cláudio (Espanhol) onde desenvolveram com os alunos da escola apresentações musicais nas duas disciplinas.


E na culminância tradicional, teremos a coordenação da Profª Dina de Souza com o Projeto da V Mostra de Arte Literária, no dia 27. O ano letivo de 2014 culminará com esse projeto com o tema: Ser, Ver e Viver Amazônico
Veja abaixo a programação deste evento.






Fica aqui as parabenizações antecipadas, pois só o fato de professores elaborarem, desenvolverem e orientarem os alunos no desenvolvimento de eventos desta natureza são dignos de receberem o devido reconhecimento.
E isso todos acompanham ao vermos os alunos pesquisar, ensaiar e se prepararem para esses momentos!!

PARABÉNS AOS ALUNOS E PROFESSORES 
COORDENADORES DOS PROJETOS!
 



terça-feira, 6 de janeiro de 2015

FINAL DE ANO LETIVO



Fiquem atentos para as datas do final de ano letivo de 2014.    
Estamos nas últimas semanas de aula, nos preparando para a 4ª avaliação. 
Daqui alguns dias, estaremos disponibilizando o calendário final de avaliação que iniciará a partir do dia 19/01/15.      
Em fevereiro será o período para os resultados, as renovações de matrícula e a recuperação final.
Verifique o calendário detalhado na escola e prepare-se para o ano letivo de 
2015 com previsão de início para 09/03/15.

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Receber um presente

Este presente é para você!
Quantas vezes ouvimos frases assim, outros não ouviram mas sabem que são presenteados de diversas maneiras.
Dar um objeto, um abraço, um beijo, a lembrança com afeto, um sentimento que nos seja direcionado, uma palavra, enfim como somos presenteados e, muitas das vezes não percebemos. O que lembra você esse depoimento?
"O presente tem a intenção de mostrar ao outro o quanto ele é importante para nós, né. Mas eu fui criada também para aqueles momentos onde a pessoa vinha me visitar no meu aniversário e não tinha presente para me dar. Então eu dizia: você é o meu presente". (Liliane Blog Sonhar e Ser).
E aquele presente especial, que é divino quando acontece: a oportunidade de dar uma informação correta, auxiliar um necessitado seja de ordem material ou emocional, ou seja as oportunidades que surgem para ajudar alguém é um presente que não temos a real dimensão que ela representa para aquele que recebe e para nós que damos.
No ano de 2014, na nossa Comunidade Escolar Walter Bezerra Falcão estivemos recebendo e dando presentes como uma forma de manifestação que nós temos. 
Estivemos juntos em alguns momentos, como no Mangal das Garças, na Festa Junina, nos Jogos de Integração, no dia do Pacto pela Educação, nos Jogos Internos, na pesquisa in loco na Comunidade Quilombola do Abacatal, na Escola vai ao Cinema, no Arte Pará, no Dia da Consciência Negra e outros. Estivemos trocando vários tipos de presentes. Mas tem um em especial. Sabe aquele presente que é pequeno no tamanho, mas com uma tremenda importância no decorrer de percurso da nossa vida? Pois é, nós recebemos ele.
Vejam nosso presente especial de 2014, que ouvimos sempre alguém dizer "é o coração da escola".
 A BIBLIOTECA
Alunos do 2º ano do Ensino Médio - manhã

Profº Orlando Tadeu e Aluna Juliana Varela que
fez a doação de um livro.
Alguns de nossos jovens do 1º, 2º e 3º ano do Ensino Médio
E é um belo presente ver os estudantes usufruírem do que é feito para eles.
As imagens caóticas desse espaço pedagógico deixamos para trás, mesmo tendo elas bem arquivadas para não esquecermos de que quando não cuidamos bem do que temos corremos o risco até de perdê-la.
É pequena nossa "Sala de Leitura", nosso "Cantinho de Estudo", nossa "Biblioteca", seja como for que queiramos denominá-la. Está aí, e provavelmente não nos padrões como realmente deveria ser, mas ela está aberta, funcionando, com um Coordenador deste espaço, Profº Orlando Tadeu Leite, que tem procurado organizar da melhor maneira possível e prosseguindo com a Comunidade Escolar na ação de revitalizar um espaço importante para todos.
Joguemos fora o que é velho e não nos serve mais, seja objeto ou sentimentos.
Fiquemos com o que nos fez melhores.
Que tenhamos um abençoado final de ano com gratidão pelo que tivemos e pelo que não conseguimos, pois talvez não fosse o momento.
Que iniciemos o Ano de 2015 fortalecidos nos melhores desejos para nós e para todos aqueles que estão caminhando conosco nesta vida.




PAZ


SAÚDE


SUCESSO


A


TODOS!!!