Pular para o conteúdo principal

CELEBRAR O NOVO COMEÇO

Novatos e veteranos. Pais/Responsáveis e alunos. Professores e coordenadores. Gestores e servidores. Todos os colaboradores.

Começou o trabalho, e a expectativa de um para com o outro transmite a sensação de excitação, medo, alegria, desconfiança, etc.

Assim como chegam novas pessoas na nossa comunidade escolar, nós também estamos entrando como novatos em suas vidas.

É muito bom ver o retorno dos alunos, que percebemos estarem um pouco diferentes, parecem mais crescidos e mais amadurecidos.

O tempo passou, e vai continuar. Mas é bom matarmos um pouquinho a saudade, jogar conversa fora. E mesmo que uma situação nova se apresente em nossas vidas, não vamos deixar de lado o essencial para a nossa convivência: a confiança.

É um valor pessoal que serve para nossos relacionamentos familiares, pessoais, de trabalho, de amizade e tantos outros mais. Mas sabemos que assim como leva tempo para construir esse valor, ele também pode ser destruído em segundos, seja por desenganos, comentários maldosos, situações novas que surgem, mal entendidos, etc.

Confiança é um resultado a mais para experenciarmos em nossas vidas. Começemos agora, neste início de ano letivo com confiança, ainda que situações inesperadas aconteçam. Ainda que o contexto de nosso momento político e econômico seja turbulento, continuemos a confiar.

A confiar nos novos alunos e nos que retornaram. A confiar em nossos colegas de trabalho, nos familiares que estão conosco. A confiar nos professores que estão com nossos filhos. E a confiar, principalmente, na família, no jovem, na criança.

Aniversário da Escola - 10/03
E a confiança já se manifestou em dois momentos neste início de ano letivo. No aniversário da escola e no encontro com os pais/responsáveis dos alunos. 

Aniversariar = celebrar um novo começo. 

Alguns anos a comunidade escolar não celebrava o aniversário da escola. No dia 10/03/2015, fizemos 32 anos de funcionamento, carregando em seu histórico as alegrias e tristezas, sucessos e derrotas, acertos e erros. Para iniciar foi preciso confiar. Para continuarmos, é preciso confiar.
Encontro com pais/responsáveis
 O encontro com os pais/responsáveis dos alunos nos inspira a continuar. Como professor, ainda que vivenciemos a desmotivação por parte de muitos, a começar pelos nossos governantes. Como gestor, ainda que nos coloquem em situações delicadas. Como trabalhador, ainda que tentem burlar nossos direitos. Como família, ainda que insistam em dizer que ela não tem mais valor. Todos nós sempre teremos valor.
 

Sejam todos bem vindos a Escola Walter Bezerra Falcão!!

Agradecemos a todos que estão conosco neste ano.

Feliz Ano Letivo 2015!!




  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CURSOS TÉCNICOS NO ESTADO

Até o dia 29/01/2017 estão abertas as inscrições para os cursos técnicos no Estado
Atenção jovens para estas inscrições. Das 2.640 vagas ofertadas na modalidade Ensino Médio Integrado a Educação Profissional (66 cursos técnicos), 880 vagas são ofertadas para 22 cursos em processo seletivo para Belém e mais 1.760, em forma de matrícula para 44 cursos em outros 11 municípios.
A oferta de 680 vagas do ProEJA, envolvendo 17 cursos técnicos, abrange 440 vagas em processo seletivo para 11 cursos em Belém e 240 vagas de 6 cursos em forma de matrícula para outros municípios do Estado. A modalidade Subsequente conta com a oferta de 1.920 vagas para 48 cursos técnicos, mediante processo seletivo.
A matrícula para 2 mil vagas referentes ao Ensino Médio Integrado e Proeja será feita no período de 10 deste mês de janeiro até o dia 23 de fevereiro.
Para estar mais informado sobre este processo, acesse o site.
Para se inscrever clique aqui!

Boa Sorte a Todos Vocês!!!!

12ª OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA

Atividade do IMPA, a OBMEP tem como objetivo revelar e estimular talentos, além de incentivar o estudo da Matemática. Em 2015, a Olimpíada teve a participação de 47.580 escolas (localizadas em 99,48% dos municípios brasileiros), que inscreveram 17.972.333 alunos na 1ª fase.
Iniciada em 2005, a OBMEP é promovida com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), e conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).
Fases e níveis – A OBMEP é realizada em duas fases. Na 1ª fase, provas compostas de 20 questões objetivas (múltipla escolha) são aplicadas nas próprias escolas inscritas.
Os estudantes classificados para a 2ª fase fazem uma prova composta de seis questões dissertativas, onde devem expor os cálculos e o raciocínio utilizado nas respostas. Nesta fase, que define as premiações, as provas são aplicadas em locais definidos pela coordenação da OBMEP e corrigidas por professores indicados pelo IMPA.

A prova da 1a fase …